Ajuda / Relatórios / Reportes de Spam

O que é o reporte de spam?

Nos programas de email, especialmente, webmails, os usuários contam um botão chamado “Reportar Spam” ou “Denunciar como Spam”, que podem usar em qualquer mensagem que quiserem, por diversos motivos: não conhecem o remetente, não o autorizaram a lhe enviar emails, está saturado dos emails que recebe, fez opt-out uma vez mas o pedido não foi respeitado etc.

Quando um reporte de spam acontece, os servidores de email registram essa insatisfação do destinatário com o remetente e não a esquecem. Claro que é muito comum algumas pessoas usarem o reporte de spam no lugar do clique no link de opt-out (também por diversos motivos) e os administradores de servidores de email sabem disso. Então, alguns poucos reportes de spam contra o remetente não irá prejudica-lo nas campanhas futuras, mas muitos reportes de spam, sim.

A Return Path recomenda que as taxas de reportes de spam sejam de, no máximo, 0,1%. Em um exemplo prático, isso significa que, se você envia um email marketing para uma lista de 10.000 contatos, você só pode receber até 10 reclamações de spam sem que sua reputação seja seriamente prejudicada.

Especialmente em listas grandes, é aceitável ter um volume mínimo de reclamações de spam porque algumas pessoas clicam, acidentalmente, neste botão em seus programas de email ou, ainda, o fazem como um substituto do opt-out, na tentativa de parar de receber mensagens daquele remetente, muitas vezes, legítimo. Por isso, há um volume aceitável de reportes de spam que um remetente pode receber sem que sua reputação seja prejudicada perante os servidores de email.

Listas adquiridas de terceiros — geralmente spammers — geram alta porcentagem de reportes de spam, visto que são contatos que desconhecem o remetente e/ou nunca solicitaram receber seus emails. Novamente, salientamos a importância de se trabalhar com listas próprias e qualificadas para ter o mínimo de reportes de spam possível!