Ajuda / Conceitos Básicos / Definições

O que é spam trap?

Um spam trap, em tradução literal, é uma armadilha de spam. É um endereço de email usado exclusivamente para identificar remetentes que não seguem boas práticas de envio de email marketing.

Esses endereços de email do tipo spam traps são usados por provedores de email – desde grandes como Gmail e Outlook.com até provedores de emails comerciais, como os da sua empresa – com a lógica de que, se é um endereço não divulgado em lugar algum, caso alguma mensagem seja recebida por ele, será spam e, logo, o remetente dessa mensagem será um spammer.

Você deve estar se perguntando: mas como pode um endereço de email que não é divulgado em lugar algum, de repente passar a receber mensagens? Essa é uma das magias não tão legais da internet.

Endereços de email novos

Muitas pessoas com conhecimento de programação são capazes de desenvolver mecanismos que geram milhares de endereços de email, com base em diferentes critérios: combinação aleatória de letras ou de palavras, usando as expressões mais comuns em estrutura de emails (contato@, suporte@, comercial@ etc) e vários outros.

Como são gerados milhões de endereços de email, alguns muito possivelmente já existirão de verdade, e podem ser tanto reais quanto spam traps.

Endereços de email reaproveitados

Já aconteceu alguma vez de você ter um endereço de email em provedor gratuito e ficar sem acessá-lo por muito, muito tempo? Então, quando esse tempo excede o prazo máximo que o provedor permite, a conta torna-se inativa para você usar, mas pode passar a ser usada pelo provedor de emails como spam trap.

Como o endereço de email era seu, legítimo, por um tempo o provedor de emails passará a retornar avisos de erro de entrega para quem enviar uma mensagem para aquele endereço.

Depois de certo prazo avisando os remetentes de que seu email não existe mais, o provedor toma o endereço para uso próprio e começa a classificar como spammer todo remetente que envia uma mensagem para aquele endereço.

Os provedores fazem isso supondo que já houve tempo o bastante para que os remetentes removessem aquele endereço de email de seus mailings, depois de tantos avisos de erro de entrega.

E, se, mesmo assim, há insistência no envio de mensagens para o endereço, é porque o remetente não se preocupa com as boas práticas de envio de email marketing, não faz higienização periódica em seu mailing e, por isso, é considerado spammer.

Como sair de uma spam trap

Se você costuma enviar email marketing regularmente, não está livre de “cair” em uma spam trap, especialmente se você já comprou uma lista de contatos. Essas listas que são vendidas na web a preços módicos, geralmente, estão cheias de spam traps.

Caso você envie emails comerciais e um deles seja entregue em uma ou mais spam trap, sua reputação como remetente começará a ser prejudicada, o que significa que os provedores de email passarão a lhe “enxergar” como potencial spammer.

Isso pode dificultar, cada vez mais, que você tenha boas entregas de emails, e mesmo os endereços legítimos podem passar a receber suas mensagens na caixa de spam, já que você deixa de ser um remetente confiável para os provedores.

O caso pode chegar a tal gravidade de você não conseguir entregar mais emails, nem mesmo nas caixas de spam, e precisar registrar um novo domínio para usar como remetente de emails, tendo que construir sua reputação do zero.

Como evitar ter spam traps em seu mailing

Você pode evitar ter spam traps em seu mailing se não usar listas de contatos de terceiros, quer sejam compradas ou cedidas.

O mesmo vale para aquela velha prática de sair coletando endereços de email pela web para adicioná-los ao seu mailing. Não é porque alguém escreveu um endereço de email em algum site, rede social ou comentário de blog que você pode simplesmente tomá-lo para seu mailing.

Além de estar invadindo a privacidade da pessoa, que não lhe autorizou a enviar emails pra ela, você pode ter pego um verdadeiro spam trap, caso o email esteja inativo há muito tempo e tenha sigo pego para uso do provedor como spam trap.